Incidência de câncer se deve à má alimentação, álcool e tabaco 0 1290

A previsão é que 2,1 milhões de pessoas morram em decorrência da doença, até 2030

O consumo de tabaco, bebida alcoólica, alimentação inadequada e a falta de prática de atividades físicas estão entre os principais fatores de risco para o surgimento do câncer em todo o mundo.
Segundo a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), o câncer é uma das principais causas de morte na população. A previsão é que 2,1 milhões de pessoas morram em decorrência da doença, até 2030.
Câncer, também conhecido como tumor maligno e neoplasia é a denominação genérica de um grupo de doenças que pode afetar qualquer parte do corpo. A doença é caracterizada pelo crescimento desordenado de células que invadem órgãos e tecidos.
“É unânime entre as recomendações médicas a indicação de hábitos saudáveis, como a interrupção do fumo, de bebidas alcoólicas, além do estímulo à prática de atividades físicas regulares na prevenção do câncer. De acordo com a Opas, 40% dos casos poderiam ser prevenidos evitando estes fatores de risco”, destaca a médica Gisele Abud, diretora técnica de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santos.
A médica acrescenta que o câncer de pulmão está entre os mais comuns, segundo as autoridades em saúde, e que o tabagismo é o principal fator de risco para o câncer, causando 22% das mortes.
“É inegável que rastrear o câncer precocemente é fundamental para tratar corretamente e aumentar as chances de cura, mas a recomendação prioritária é adotar hábitos que contribuam de fato para o não aparecimento da doença”, afirma Gisele. “Os exames ajudam no monitoramento e se fazem essenciais, porém, a prevenção de fato é mudar hábitos, rotina, o que permite que o corpo funcione melhor e saudável”, complementa.
Dicas de prevenção: não fumar, não consumir bebidas alcoólicas em excesso, comer alimentos saudáveis e praticar atividades físicas. As mulheres devem realizar o exame preventivo do colo do útero. É importante, também, a vacinação contra HPV, hepatite e outras doenças. Deve-se evitar, ainda, as carnes processadas e a exposição ao sol nos horários mais quentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas