Depressão 0 2504

Ter autocuidado pode evitar o surgimento de doenças mentais

Transtornos mentais são caracterizados por mudanças no padrão comportamental

Estima-se que mais de 300 milhões de pessoas sofram de depressão no mundo, conforme dados da Organização Mundial de Saúde (OMS). Somente no Brasil são cerca de 11,5 milhões, o terceiro país do mundo em número de depressivos.
Este ano, sob o lema “A vida pede equilíbrio”, uma campanha, que teve início em 2014, ressalta o objetivo de chamar atenção de pessoas, instituições e autoridades para as necessidades relacionadas à saúde mental humana e estimular o debate sobre o tema.
O psicólogo do Cejam (Centro de Estudos e Pesquisas “João Amorim”), Marcus Malavasi, explica que os transtornos mentais são caracterizados por mudanças no padrão comportamental, que trazem prejuízo às atividades diárias, e exalta que o ser humano é biopsicossocial, ou seja, compreende as dimensões biológica, psicológica e social.
“Existe uma linha de normalidade, quando o indivíduo tem um problema e consegue continuar as atividades do dia a dia. O sinal vermelho acende quando a pessoa deixa de fazer coisas corriqueiras, quando o transtorno mental paralisa o ser e ele deixa de cuidar de si, como tomar banho, pentear o cabelo, escovar os dentes etc.”, alerta.
O especialista orienta que, diante do sofrimento psíquico, mais importante do que a busca pela cura é a estabilização. “O tratamento medicamentoso, juntamente com o acompanhamento psicológico, ajuda na saída da crise, além de diminuir os sintomas”, reitera.
Conforme Malavasi, a prática de exercícios físicos e a meditação são muito importantes para a saúde mental, pois integram o cuidado da mente e do corpo. Ele ressalta que muitas atividades voltadas ao autocuidado são oferecidas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), como caminhada e mindfullness, por exemplo. Outro serviço oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é o acompanhamento nutricional, que auxilia na saudabilidade da alimentação.
Dicas de autocuidado: ter mais tempo para si, manter relações saudáveis, saber lidar com as questões do dia a dia, dormir bem, cuidar da alimentação, que deve ser regrada e saudável, manter uma rotina organizada, ser grato e manter o pensamento positivo, aprender a dar limite para as pessoas, não se fechar em pensamentos negativos, compartilhar os sentimentos com uma pessoa de confiança e ser gentil consigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas