Tradição nordestina

Tradição nordestina

COMPARTILHE

IMG_9277A culinária nordestina é marcada por uma mistura de cores e sabores que começou com os colonizadores portuguesas. Os cozidos, ou guisados, por exemplo, são uma tradição de Portugal que os nordestinos adaptaram ao paladar sertanejo, mais condimentado e apimentado.

Há muita tradição envolvida nos pratos da culinária nordestina, que ganharam o paladar diversas regiões do País por causa da sua explosão de sabores fortes e encorpados, que transformam uma refeição em um acontecimento especial.

Carnes diversas, mandioca, pimentas, temperos como o coentro e o azeite de dendê transformam a comida nordestina em algo único e delicioso, para ser apreciado não apenas em refeições especiais, mas também no dia a dia. Afinal, quem resiste a um escondidinho de carne-seca na hora do almoço?

Escondidinho de carne-seca

12957523_611177202367032_3024073321874921759_oA combinação de mandioca com carne-seca é tradicional nas mesas do nordeste e apreciada em diversas regiões do País, inclusive aqui no sudeste. A junção de dois produtos bem típicos da região em uma montagem apetitosa se transformou em um prato que não pode ficar de fora quando se fala em comida nordestina. O nome “escondidinho” surgiu em Pernambuco por causa da forma como o prato é montado.

Primeiro, se espalha pela travessa uma camada de purê de mandioca. Depois, coloca-se a carne seca, mais uma camada do purê, queijo coalho ralado por cima e leva-se ao forno para gratinar. É de dar água na boca!

Sarapatel

O Sarapatel é um prato de origem portuguesa que se tornou uma iguaria tradicional no nordeste, onde, diz-se, é “prato de cabra-macho”. Trata-se de um guisado preparado com os miúdos (pode ser de vaca, porco, carneiro ou bode) e o sangue do animal. No tempero, costuma-se usar coentro, hortelã e pimenta.

Para acompanhar, vai bem com um prato de farinha ou arroz ou, ainda, um bom angu de fubá.

Dobradinha

Tradicional na cozinha do norte de Portugal, a Dobradinha se espalhou por diversas regiões do País, inclusive no nordeste. É feita com o bucho de animais cozido em pequenos pedaços com grande variedade de temperos e outras carnes, como linguiça e costelinha. Pedaços de mandioca como acompanhamento e uma boa pimenta para finalizar também não podem faltar!

Endereço: R. Emília Marengo, 185 – Tatuapé
Telefone: 2671-2233 / Delivery: 3569-0012

COMPARTILHE
Artigo anteriorNa própria pele
Próximo artigoAgosto de 2016

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO