Terapia com florais

Terapia com florais

Conheça as essências naturais que ajudam a corrigir os desequilíbrios emocionais, melhorando a saúde física e mental

COMPARTILHE

Mente sã num corpo são – em latim, Mens sana in corpore sano. Pelo menos é o que garantiu o poeta romano Juvenal na Sátira X, escrita entre o primeiro e o segundo século da era cristã. Ele pode até ter vivido no passado, mas certamente já sabia bem a fórmula para alcançar o tão sonhado equilíbrio da vida. Tanto é que, nos últimos anos, a ciência comprovou que existe uma interação clara entre as células do sistema imunológico e o cérebro, e que o estado de humor interfere diretamente nesse ciclo.

Aliás, o conceito de que as emoções alteram o funcionamento do organismo, e vice-versa, não é propriamente uma novidade. O médico grego Hipócrates (460 a.C. a 370 a.C.) afirmava que para curar era preciso analisar o indivíduo como um todo. Corpo e mente transmitem sinais um pelo outro, por isso, focar apenas nos sintomas explícitos nem sempre trará a cura. Assim, inúmeros especialistas garantem que a maioria das doenças são psicossomáticas, ou seja, são transtornos orgânicos agravados ou até causados por questões psíquicas e emocionais.

shutterstock_76660798Insatisfeito com os tratamentos paliativos de sua época, em meados de 1930, o médico inglês Edward Bach descobriu um sistema universal de cura, os chamados Florais de Bach. Carregando os títulos de Bacteriologista e Patologista, ele exerceu sua vocação durante a Segunda Guerra Mundial, um dos momentos mais difíceis atravessados pela humanidade. “Bach acreditava haver um meio de curar realmente, inclusive as doenças tidas como incuráveis. Assim, identificou 38 estados de ânimo negativos da mente. Para cada um, encontrou uma planta ou flor e criou uma essência floral para tratá-lo”, explica a terapeuta floral e aromaterapeuta Maria Aparecida das Neves, do Disq Floral.

Dentro dessa filosofia, o desequilíbrio emocional e energético, bem como padrões de pensamento negativos, desencadeiam a desordem celular, provocando, assim, as doenças. Segundo Bach, há sete pontos a serem melhorados no ser humano: medo, indecisão, falta de interesse pelas circunstâncias atuais, solidão, sensibilidade excessiva a influências e opiniões alheias, desespero e preocupação excessiva com o bem-estar dos outros. Já os caminhos para equilíbrio são paz, esperança, alegria, fé, certeza, sabedoria e amor.

Com poder de transformar emoções e pensamentos negativos, os florais atuam na condição emocional do indivíduo afetado, de forma totalmente natural. O objetivo é tratar a pessoa e não a sua doença ou seus sintomas. “Por exemplo, se a pessoa é ansiosa ou agressiva desconta isso na alimentação, gerando a obesidade. A insatisfação com o trabalho ou com outra situação pode levar a pessoa a ficar angustiada ao ponto de desencadear depressão, dores musculares e até outras doenças mais graves. Os florais atuam justamente aí, nas emoções”, afirma a terapeuta holística Karen Bacchin, da Clinhealth.

Considerados uma medicina alternativa, os florais são administrados em gotas, misturados em cremes ou adicionados à água do banho, no caso dos bebês. “As essências podem ser combinadas em várias fórmulas personalizadas, dependendo da necessidade de cada indivíduo. Por isso duas pessoas que apresentam a mesma doença podem utilizar florais diferentes”, alerta Karen.

Segundo a terapeuta holística, os florais podem ser úteis pós-traumas e perdas, antes de eventos decisivos e até para alcançar um objetivo. No entanto, é necessário acompanhamento de profissional com formação em Terapia Holística, Naturopatia ou Naturologia. “Não há efeitos colaterais nem contraindicações, mas há adaptações da fórmula para bebês e crianças, gestantes, pessoas com algum tipo de alergia ou sensíveis, bem como animais e plantas”, diz.

shutterstock_149338544A avaliação é feita mediante um diálogo descontraído, porém objetivo. O terapeuta deve se atentar às “palavras-chave” que o cliente diz durante o atendimento, bem como à postura e tom de voz. “A chave para receitar as essências é justamente reconhecer como a pessoa está se sentindo e verificar qual essência corresponde com o estado de espírito descrito. Com as emoções em ordem, é possível ter um corpo saudável, livre de qualquer mal. Há muitos relatos de pacientes que, ao tomarem floral, conseguiram controlar sentimentos e passaram a aproveitar melhor a vida”, pontua Maria.

A cura depende de cada paciente, há quanto tempo o problema já existe e da correta administração da fórmula. “A mudança é gradual e gentil. Muitas vezes, os sentimentos negativos que a pessoa relata são como camadas sobrepostas ao problema real que a incomoda. A cada dificuldade superada, conseguimos chegar mais perto da causa central desencadeadora. Por isso, ao iniciar o tratamento com florais de Bach, novas sensações e percepções podem se aflorar”, entende Maria.

Curiosidade

Após desenvolver os florais, Edward Bach preocupou-se em disseminar o seu uso, a fim de que pessoas em todo o mundo pudessem se beneficiar deste sistema. E ainda hoje é assim: a Fundação Edward Bach, instalada na Inglaterra, mantém o Programa Internacional de Florais de Bach, que também acontece no Brasil. Reconhecido internacionalmente, o curso é realizado simultaneamente em 22 países, e ministrado por Practitioners, educadores que cumpriram os três níveis do programa e se dedicam a multiplicar o conhecimento sobre Florais.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO