Talento múltiplo

Talento múltiplo

Veterana no universo dos musicais, a atriz e cantora Jeniffer Nascimento conta como está sendo o desafio de encarar seu primeiro papel na TV, na temporada de Malhação

COMPARTILHE

Ela canta, dança, atua e escreve. Aos cinco anos, viu a propaganda de uma agência na TV e pediu para a mãe levá-la, pois queria ser artista. Desde então, não parou mais. No ar em Malhação, Jennifer Nascimento, 21, trocou a Zona Leste de São Paulo pelo Rio de Janeiro. “Vivi até os 18 anos em Arthur Alvim e, depois, me mudei para a Mooca. Amo a região e tenho muito orgulho de dizer que sou de lá. Sou muito apegada às pessoas e deixar a família e o namorado não foi nada fácil. Mas eles me apoiam muito. Nossa rotina é muito corrida, gravamos praticamente seis vezes na semana. Sempre que posso vou visitar minha família”, comenta.

Ainda na infância, Jeniffer ganhou uma bolsa integral no Studio Beto Silveira para estudar teatro, e gravou um comercial em formato de curta-metragem dirigido por Fernando Meirelles. “Fiz muitos cursos profissionalizantes e diversas publicidades. Meus pais nunca me obrigaram a nada, mas sempre me apoiaram e me ajudaram a realizar meu sonho”, diz.

O teatro musical foi um divisor de águas na carreira dela, que já acumula uma série de participações em grandes montagens brasileiras, como Castelo Rá-Tim-Bum, Hairspray, Mamma Mia, Hair e New York, New York. “Descobri meu potencial para o canto nos musicais. Eles me ajudaram a ter mais intimidade com o palco e o público, além de ser a oportunidade perfeita de fazer todas as coisas que eu gosto ao mesmo tempo: cantar, dançar e atuar”, diz.

Em 2010, após assistir a algumas apresentações de Jeniffer, o ator Edson Celulari decidiu presenteá-la com um curso de artes em Nova York. “Eu acredito muito na formação completa do artista. É importante saber cantar, dançar, interpretar, tocar algum instrumento. Todas as artes se complementam. O Edson foi um verdadeiro padrinho nesta minha formação”, afirma.

Jennifer Nascimento em cena da nova temporada de Malhação
Jennifer Nascimento em cena da nova temporada de Malhação

A passagem pelo Girls, em 2013, foi uma etapa importante da trajetória de Jeniffer. O grupo teve seu primeiro e único disco produzido por Rick Bonadio e lançado pela Sony Music. Apesar dos meses intensos de trabalho e dedicação, teve um fim precoce. “Sou muito grata ao grupo e ao Rick. Pude realizar coisas que sempre quis. Sem falar que o Girls me projetou muito como profissional. Ganhei experiência, percebi o que quero para minha carreira, além descobrir a minha própria voz”, diz.

O primeiro passo da carreira solo foi lançar um vídeo no Youtube cantando Impossible, a pedido dos fãs do Girls. O cover fez sucesso na internet, e Jeniffer pretende gravar outros. “Pretendo seguir uma linha de música pop com referências de black music, com conteúdo e musicalmente de boa qualidade. Algumas coisas dançadas, também. Beyonce e Whitney Houston são minhas inspirações.

A oportunidade para integrar o elenco de Malhação, da Rede Globo, veio a calhar. Depois de participar das audições, de um workshop intensivo e três semanas de espera, finalmente, Jeniffer recebeu a notícia de que assinaria um contrato com a emissora para a temporada que estreou em julho deste ano. “É a realização de um sonho. Estou aprendendo muito todos os dias com a equipe. Mas foi um desafio e tanto, pois meu sotaque paulistano é bem carregado, então tive que trabalhar isso. Já estou super carioca (risos). Fiz acompanhamento com a fonoaudióloga e treinei muito em casa. Resolvi falar assim durante esse período para ficar mais orgânico e não me preocupar na hora de entrar em cena”.

Para o futuro, Jeniffer pretende lançar um CD, mas adoraria ter oportunidade de fazer outros projetos na Globo. “Vamos torcer”, diz, aos risos. Nós também, Jeniffer!

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO