#mãedesete

#mãedesete

Conheça Julyana Mendes, uma mãe de sete filhos que compartilha suas experiências na internet

COMPARTILHE

juliana-e-filhosJulyana Mendes tem 40 anos e sete filhos. Nem é preciso dizer que ela vive uma rotina agitada. Seu filho mais velho, Pedro Henrique, tem 22 anos. Na sequência vem Luís Felipe, 13; João Eduardo, 10; Maria Carolina, Maria Eduarda e Maria Fernanda, trigêmeas de 8 anos; e Maria Beatriz, que vai fazer 2 anos.

Lidar com as necessidades de uma família tão diversa não é tarefa fácil, mas é um papel que Julyana exerce com prazer, embora ter uma família tão grande não fosse o plano inicial. “Eu sempre dizia que queria ter apenas um casal”, diz. “Mas acho que a vida me reservou o que daria conta de ter. Não planejei de verdade, mas amo. Quando paro pra pensar, percebo o tamanho do desafio, mas percebo também o tanto de alegrias que vieram junto”, completa.

Pedro Henrique nasceu quando ela tinha 17 anos e ainda estava na faculdade, fruto de um relacionamento que não deu certo. Luis Felipe, João Eduardo e as trigêmeas são fruto de seu primeiro casamento. A pequena Maria Beatriz é filha de seu atual marido, que também é um ótimo “paidrasto” de todos os filhos, como ela gosta de dizer.

Toda a rotina de Julyana é organizada em torno da vida dos filhos. “Acordo cedo para levá-los à escola e logo depois vou à academia. Passo a manhã em casa ou em reuniões. Vou buscá-los na escola e de tarde cumprimos nossa rotina de estudos, banho, organizações pessoais e da casa. Depois que eles dormem, por volta das 21h30, é a minha vez de ter um tempo só pra mim, então, fico com o meu marido e aproveito para trabalhar ainda mais no projeto Mãe de Sete”.

O trabalho, aliás, foi algo que mudou muito na vida de Julyana com a maternidade. Ela administrava uma empresa da família e, há 4 anos, parou de trabalhar para cuidar dos filhos. “Essa foi uma decisão bem difícil. Avaliei muito e fui parando aos poucos. Primeiro trabalhava um turno e depois parei os dois. Percebi que naquele momento eu precisava estar com eles”, conta.

Curiosamente, o Mãe de Sete, projeto que começou no Instagram para compartilhar a experiência da maternidade, hoje já é um trabalho. “Posso dizer que hoje o Mãe de Sete é um ‘trabalho fora de casa’, pois tenho inúmeras demandas, inclusive de viagens”. Para dar conta do recado, ela tem funcionários em casa e conta, também, com a ajuda de avós, tias, sogra.

Com filhos em fases da vida tão diferentes, um dos grandes desafios de Julyana é conciliar as demandas. “Já coloquei na minha cabeça que é humanamente impossível atender a todos os sete e que aqui em casa tem sempre um filho um pouco carente de mãe. Procuro atender aquele que “leio” que tem mais necessidade no dia, no momento de vida. Isso é, ao mesmo tempo, enriquecedor, enlouquecedor e maravilhoso”.

Imaginar uma rotina com sete filhos nos dias atuais é amedrontador. E Julyana não nega que tem medo de errar, medo quando eles ficam doentes ou sofrem. Porém, ela tem consciência de que isso faz parte do processo. “Não sendo paralisante ou algo fora de controle, o medo é normal. Toda mãe sente algo parecido”, diz. Para se fortalecer e estar pronta diante dos desafios, ela busca sempre encontrar um momento de olhar pra si mesma. “Maternidade é meu papel principal de vida, minha missão, mas não é o único e tenho consciência disso”.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO