Gentileza gera gentileza

Gentileza gera gentileza

Precisamos deixar de lado a grosseria e sermos mais gentis

COMPARTILHE

shutterstock_193760594Você disse bom dia hoje para as pessoas quando acordou, saiu de casa, passou pela portaria do prédio, encontrou um vizinho ou chegou ao trabalho? Você faz pequenas gentilezas, como agradar alguém, agradecer, desejar um bom dia? Você pede licença quando precisa passar na frente de outra pessoa?

E agora, hora da verdade: você dá passagem ao carro de outra faixa que precisa passar na sua frente? E a mais profunda: você elogia, sempre que possível, as pessoas com quem convive? Chamamos isso tudo de gentileza. É uma forma de atenção, cuidado e amabilidade com os outros.

O antônimo de gentileza é grosseria, falta de educação e, até, estupidez. Geralmente, não se percebe como se fala com as pessoas. Fica-se tanto no “piloto automático”, fazendo coisas, e esquece-se que relacionamentos são importantes para a vida saudável. Por isso, a pergunta é: quando foi que perdemos (ou será que nunca tivemos?) o aprendizado de ser gentil com as outras pessoas? De alguma forma, deixamos de olhar os outros e passamos a olhar só para nós mesmos, de um jeito quase egoísta.

A vida moderna fez com que cada um se compartimentalizasse em seus espaços e caminhos, perdendo o olhar para a vida de forma mais ampla. Adotamos uma postura de pedir o que queremos e vemos isso inclusive nas crianças, sem a postura de solicitação e agradecimento.

Quando será que passamos a ser tão mecânicos nas nossas relações, de forma a contextualizá-las conforme grupos e necessidades?

Nota-se que as pessoas passam a se relacionar conforme interesses e oportunidades e, com isso, perde-se o conceito de amabilidade e sensibilidade com a vida humana.

Enfim, esta é uma reflexão importante para todos nós, adultos, e para que possamos ensinar nossas crianças do melhor jeito, sendo o exemplo. Desejo, de coração, um lindo dia para você!

Marilena Borges, Especialista em Psicologia Clínica e Consultora Organizacional.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO