Container na praça

Container na praça

Escritório-container fica aberto à visitação antes de ser desmontado

COMPARTILHE

_DSC0019

Quando se uniram para montar o escritório de arquitetura H2O, os arquitetos Aleksandro Almeida e Anselmo Oliveira Jr. optaram por criar um espaço-conceito que permitisse mostrar as possibilidades de viver e trabalhar em um lugar longe do convencional.

Foi aí que surgiu a ideia de erguer um escritório-container na Rua Guaxupé, entre o Tatuapé e a Vila Formosa. O terreno fica ao lado de uma praça e, sem a presença de muros ou portão, parece fazer naturalmente parte da paisagem.

O local começou a funcionar em 2011 e, em breve, deixará de existir. Mas, antes disso, quem quiser poderá agendar uma visita ao espaço que, antes de mudar de endereço, abrirá as portas para a visitação do público.

“A nossa ideia era causar um impacto no entorno e mostrar como a arquitetura está ligada ao bem-estar, e que é possível trabalhar e viver em um lugar diferente, confortável e cheio de qualidades”

Se você se interessa pelo tema ou, simplesmente, tem curiosidade, vale investir um tempinho para conhecer o local. Depois de atravessar a porta com dezenas de olhos mágicos, você até se esquece de que está em um container.

A decoração garante um ar de modernidade ao espaço

Os 50 m2 acomodam muito bem todos os espaços necessários, incluindo um jardim de inverno incrível, com uma verdadeira cortina de flores. Uma única parede de tijolos foi construída, por onde passa a luz e a água. Todo o restante é a estrutura do container, que ganhou revestimento em gesso em algumas partes e acabamentos que garantem um ar de modernidade ao espaço. Como eles derrubaram o muro, o imóvel ficou ligado à praça por uma escada. “É como se fosse o nosso quintal”, dizem.

Uma pequena cozinha foi feita ao lado da única parede construída no escritório

Com relação à segurança, que é uma preocupação de muita gente, eles dizem que é possível instalar sistemas especiais, mas optaram por colocar apenas um alarme. “O único problema que tivemos foi um sino que ficava na porta e foi quebrado”, conta Anselmo.

Container na arquitetura

O uso de container na construção civil é uma alternativa que vem se disseminando aos poucos no Brasil, como uma forma mais rápida, barata e sustentável de construção. Há países onde existem vilas inteiras feitas de container, como é o caso da Holanda e Japão.

Anselmo e Aleksandro no jardim de inverno do escritório-container
Anselmo e Aleksandro no jardim de inverno do escritório-container

Uma obra feita com container pode ficar pronta em até 90 dias. É considerado um método mais sustentável por diversos motivos. Um deles é o reaproveitamento do próprio container, que após 10 ou 15 anos transportando cargas é descartado. Outro motivo é o fato de poupar material – como areia, cimento, tijolo – e recursos naturais, como água, além de gerar muito menos entulho do que uma obra tradicional.

Quem quiser utilizar container em uma construção é recomendável procurar profissionais especializados, já que é preciso conhecimento e técnica para fazer a estrutura e a adaptação. Normalmente, os cortes e tratamentos necessários são feitos fora do local da obra e a peça já chega pronta para ser instalada.

A decoração garante um ar de modernidade ao espaço

Uma das grandes preocupações é com o conforto térmico. Os containers comuns, feitos em aço cortem, precisam de isolamento térmico e acústico. Porém, um projeto que preveja ventilação cruzada e telhado verde, por exemplo, já oferece um enorme ganho na questão térmica. Há também o container Reefer, usado para transportar cargas congeladas. É mais caro do que os comuns, mas já vem com o isolamento.

Com a peça instalada no terreno, o céu é o limite. Um bom projeto e uma boa escolha de acabamento permite criar espaços incríveis, elegantes e até luxuosos dentro de um container.

Para agendar uma visita:
H20 arquitetura – 2671-7063
Rua Guaxupé, 340

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO