Celebração da vida

Celebração da vida

A nova tendência é celebrar a maturidade, festejar as conquistas e apagar as velinhas ao lado de quem faz parte dessa trajetória

COMPARTILHE

IMG_9767Não importa a idade, celebrar a vida nunca é demais. Aliás, quanto mais os anos passam, maiores são os motivos para festejar. E as décadas “redondas” que representam o fim de um ciclo importante e o começo de uma nova etapa têm sido as preferidas para quem quer investir em uma comemoração com tudo que tem direito e mais um pouco. “Não sei se está na moda comemorar aniversário na fase adulta, mas com certeza as pessoas estão dando mais importância a isso. Afinal, os 30, 40, 50 ou 60 anos são um marco”, comenta Gisele Sampaio, da Gigi Sampaio Designer de Sonhos.

Na última década, o aumento da expectativa de vida refletiu diretamente no comportamento das pessoas. “Elas estão mais vivas, jovens e bonitas. No entanto, diferente da juventude, já estão bem estabelecidas e mais seguras de si. E esse é um excelente motivo para festejar a vida, os amigos, as conquistas”, reforça o assessor de eventos Julio Céu, do Santo Casamenteiro.

Despojada ou requintada, a festa tem que ter a cara do aniversariante. “A ideia é que o evento lembre os anos vividos, resgate a juventude, sem ficar cafona. Não existe mais retrospectiva. Para eles, o importante é o hoje. Os temas mais procurados pelos homens envolvem um universo bem viril: Cassino, Las Vegas, Boteco. Já a mulherada investe em uma decoração mais romântica ou na tradicional festa à fantasia”, revela Christian Albuquerque, do buffet Kristian Platz.

Ainda segundo Christian, esse tipo de evento, geralmente, é bem voltado à família e há uma enorme preocupação com o bem-estar e a satisfação dos convidados. “Os anfitriões não economizam nos detalhes para tornar a festa inesquecível. A gastronomia é sempre bem elaborada, variada e farta. Bebida gelada precisa ser à vontade. E independente de qual seja o cardápio, a questão de servir bem os convidados em tempo integral também é uma prioridade”, diz.

A trilha sonora e as atrações são outros detalhes que ganham destaque. Covers de cantores famosos, sósias, escolas de samba, paparazzi e artistas circenses estão entre os mais procurados para entreter os convidados, pois contemplam todas as idades. Além disso, um bom DJ e uma banda animada não podem faltar para agitar a festa. “A escolha do repertório depende muito do perfil do aniversariante. Em geral, as músicas antigas repaginadas são as que mais fazem sucesso e colocam os convidados na pista de dança”, afirma Julio.

ATRAÇÕES DE PRIMEIRA

Apesar das tendências, a única “regra” é respeitar o gosto e o estilo do anfitrião. Para celebrar os 40 anos de vida, a empresária Gislene Leite, 40, optou por uma decoração mais clássica, com flores, tapetes persas e mesa de doces finos, mas uma comemoração mais despojada, que aconteceu no Buffet Wishes. “Reuni amigos que não via há mais de dez anos. De trabalho, escola, além dos familiares e pessoas do meu convívio. Por isso, quis fazer uma festa bem animada, em que as pessoas pudessem interagir e se divertir. Tinham brinquedos para a criança e a banda ficou responsável pelo repertório flash back dos anos 1980 para os adultos. Um grupo de acrobatas e artistas circenses fez três entradas para apresentar shows de tecidos, entre outros números. Optei por um cardápio mais dinâmico com finger foods e mesa de antepastos durante todo o evento para não precisar parar para o jantar.

O contador Júlio Mocarzel, 54, optou por uma decoração mais clássica e investiu também em um check-list contemporâneo para tirar os convidados das cadeiras até às 6 horas da manhã no seu aniversário de 50 anos, realizado no Buffet Torres. “Depois do coquetel, os 300 convidados foram recepcionados pelo cover do Elton John cantando músicas antigas. No entanto, durante a festa, teve uma apresentação pra lá de animada do cantor Latino, que agradou dos adolescentes à terceira idade”, conta.

Na hora dos parabéns, Mocarzel recebeu uma homenagem do filho Gustavo, 26, que cantou a música “Pai”. Aliás, o jovem teve a mesma iniciativa na festa de 50 anos da mãe Wanda, 50. Dessa vez, com a canção “Como é grande o meu amor por você”. O evento, realizado também no Buffet Torres, contou com três atrações especiais: o Sexteto; Jota Quest e Oba Oba Samba House. Nos intervalos, um violinista abordava os convidados, acompanhando as melodias tocadas pelo DJ.

Os 350 convidados de Wanda se divertiram até às 6 horas da manhã, quando foi oferecido um café da manhã na saída da festa. “Em 2012, sofri um acidente gravíssimo, quase morri e nasci de novo. Sempre fomos muito festeiros, mas depois disso, demos outro patamar para nossas comemorações e nos 50 anos não poderia ser diferente. Reuni desde meus amigos de infância até os conquistados ao longo da vida, os amigos do meu filho e toda minha família. Foi incrível”, lembra.

DE VOLTA AOS ANOS 1980

A era Disco está de volta! Pelo menos, foi assim na comemoração que marcou a passagem dos 50 anos de vida da diretora financeira Rosanna Amorim, no Buffet Espaço Grenah. Os 200 convidados foram tomados pelo clima animado da trilha sonora dos anos 1980 e 1990. “Contratei uma assessoria para me ajudar, pois queria que o evento “bombasse”! Dispensei flores e quis uma temática totalmente flash back, para que os convidados se sentissem realmente numa danceteria. Sou apaixonada por festa e música desde a juventude. Saio para dançar até hoje. Não havia tema mais apropriado”, explica.

Globos espelhados nas mesas, copos coloridos com LED, muitas luzes e enfeites “à la Rainha da Sucata”, como define Rosanna. Para completar a viagem no túnel do tempo, o painel e as televisões espalhadas pela festa reproduziram clipes das músicas antigas, que embalaram as coreografias dos convidados, junto com os dançarinos da equipe de Beto Campos. “A hora do parabéns foi a mais especial. Comecei a festa com uma roupa mais séria e fiz a troca para uma entrada triunfal. Eu ‘brilhei’ e entrei vestida como estaria há 30 anos numa danceteria. Também ganhei uma homenagem bem especial do meu marido e ainda fizemos uma cascata de champagne, depois de cortar o bolo. Foi indescritível”, emociona-se.

E para quem está planejando comemorar mais um ano em uma fase mais madura da vida, Christian manda um recado: “momentos e sentimentos são coisas que não têm preço. Reunir os amigos e a família e celebrar a felicidade pode custar um real ou um milhão. Não dá para mensurar. Por isso, a ideia é não economizar esforços quando o assunto é o seu sonho. Se jogue, a noite é merecidamente sua!”.

IMG_9209 IMG_9138 IMG_9131 IMG_8956 IMG_8940 IMG_7671IMG_9739 IMG_9709 IMG_9231

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO