Cápsula do tempo é lançada na Mooca

Cápsula do tempo é lançada na Mooca

Mensagens enviadas ficarão “enterradas” no Parque Sabesp Mooca até 2045, quando a cápsula será reaberta

COMPARTILHE

IMG_8114Ao longo dos séculos, as civilizações sempre buscaram desvendar os mistérios da vida e da morte, buscando fórmulas e maneiras de perpetuar sua espécie ou ao menos deixar um legado para a posteridade. E no meio disso tudo está o relógio do tempo, inexorável, que a todo instante lembra cada um de nós a finitude de nossa passagem. Além disso, existe uma curiosidade nata no ser humano de saber como seus antepassados viviam e, mais ainda, nos dias de hoje, como conseguiam sobreviver sem as traquitanas tecnológicas do mundo moderno. Também instiga a curiosidade humana saber como pensavam e quais os acontecimentos que pautavam seu cotidiano em dado momento da história terrestre.

Talvez inspirados por essa ideia que já é relativamente frequente em países como os Estados Unidos, é que os dirigentes do Reencontro – Associação de Desenvolvimento Espiritual -, resolveram lançar uma cápsula do tempo durante o movimento Você e a Paz, que aconteceu em setembro na Mooca. O lançamento aconteceu junto com o convite para que todos os interessados depositem uma mensagem de paz para o futuro. As mensagens serão recebidas até o dia 3 de novembro deste ano, na sede do Reencontro. Elas serão lacradas e endereçadas aos descendentes dos remetentes para que estes venham a participar da cerimônia de reabertura da cápsula, daqui a 30 anos, em 2045. Ao entregar sua carta, as pessoas são cadastradas para que possam ser contatadas no futuro, além de receberem um certificado posteriormente. A reabertura será no dia 21 de setembro de 2045, com a entrega do material guardado às próprias pessoas ou a seus descendentes. Para que os endereços e os dados das pessoas que receberão as mensagens estejam sempre atualizados, será feito um contato anual para esse fim. Também será criado um site da cápsula e uma página no Facebook, e ambos serão divulgados no site do Reencontro.

Além das mensagens, a ideia dos dirigentes do Reencontro é colocar alguns objetos e aparatos tecnológicos, jornais e revistas de época. A cápsula será enterrada no Parque Sabesp Mooca e sobre ela haverá uma espécie de monumento de cerca de um metro de altura com uma placa comemorativa e dizeres alusivos ao evento e à paz. “A ideia é ser um marco desse grandioso evento aqui para São Paulo”, comenta Wagner Ideali, dirigente da entidade e responsável por acompanhar o andamento da implantação da cápsula na região.

Movimento “Você e a Paz”

Cápsula do Tempo deve receber mensagens de paz.
Cápsula do Tempo deve receber mensagens de paz.

Será que sabemos, de fato, o que significa paz em nossas vidas, e de que forma podemos alcançá-la? Ou mesmo, espalhar sua semente? “Todos falamos de violência, mas é necessário que façamos algo a favor da não violência”, afirma Divaldo Franco, idealizador dessa iniciativa que vem ocorrendo desde 1998, como uma ação ecumênica e não partidária, e cujo propósito central é o de desenvolver a cultura de paz por meio da conscientização quanto à necessidade de se contribuir para a conquista de um mundo com mais harmonia, tolerância, respeito e amor. Divaldo, médium reconhecido mundialmente, é embaixador da Paz para o mundo, outorgado pela Embaixada Universal Pela Paz, em Genebra, na Suíça, em 30 de dezembro de 2005, e assumiu o compromisso de mobilizar as pessoas ao redor do país e do mundo para que se tornem agentes multiplicadores da cultura de paz.

Desenvolvido inicialmente em Salvador, sob coordenação da Mansão do Caminho, entidade assistencial do Centro Espírita Caminho da Redenção, a iniciativa ganhou força com o passar dos anos e se expandiu para outras cidades do Brasil e do exterior, onde reuniu milhares de pessoas. Por duas vezes, o evento foi realizado na sede da ONU, em Nova York.

O movimento Você e a Paz consiste em palestras públicas proferidas por Divaldo Franco e convidados, levando os indivíduos a uma reflexão profunda quanto à necessidade de renovação dos sentimentos e mudança de comportamento, de modo a superar a atual conjuntura de violência e agressividade em que a sociedade se encontra. “A paz”, como diz Divaldo, “está dentro de cada um de nós, portanto, começa em nós mesmos”.

Para saber mais
www.reencontro-sp.org.br
Reencontro – Associação de Desenvolvimento Espiritual
Rua Sebastião Preto, 47 – em frente ao Parque da Sabesp – Tel.: 2028-5222.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UM COMENTÁRIO