Novidades

Novidades

Vista noturna do Audio Fusion: Bureau - Foto/Jonatas C.
Vista noturna do Audio Fusion: Bureau - Foto/Jonatas C.
Vista noturna do Audio Fusion: Bureau – Foto/Jonatas C.

No alto de um prédio do bairro, a tradicional área da churrasqueira deu lugar a um estúdio. É o empreendimento dos sócios Rafael Gomes, 26, e Rafael Carvalho, 28, que tem o privilégio de trabalhar inspirados por uma bela vista do bairro. Os amigos se conheceram no trabalho com produção de áudio em casas noturnas de São Paulo e, entre uma conversa e outra, perceberam que olhavam na mesma direção. Decidiram tocar o trabalho paralelamente. No Audiofusion Bureau eles fazem diversos tipos de projetos sonoros. Trabalham com gravação, mixagem, masterização, produção musical e técnica para artistas e bandas, e também com uma série de facilidades para ajudar os artistas que vão sair em turnê. Inspiração é o que não falta. E, com essa vista, fica bem melhor!

Rafael Carvalho e Rafael Gomes, do AudioFusion: Bureau
Rafael Carvalho e Rafael Gomes, do AudioFusion: Bureau – Foto/Rodrigo de Paula
AudioFusion:Bureau - Foto/Jonatas C.
AudioFusion:Bureau – Foto/Jonatas C.

Santo Viradinho

O tradicional concurso Comida di Buteco, que elege o melhor petisco de São Paulo, já começou. Qualquer pessoa pode votar no seu petisco favorito. É só ir até o bar, fazer o pedido e, no final, dar a nota. A votação fica aberta até o dia 10 de maio. Veja aqui os  três bares do Tatuapé que estão participando neste ano.

Bar do Berinjela

Tira-gosto concorrente: Escondidinho de Berinjela
Preço: R$ 8
Endereço: Praça 20 de Janeiro, 67 – Tatuapé
Horário de funcionamento: terça a sexta-feira, das 16h às 23h; sábado e domingo, das 11h às 18h
Telefone: (11) 2671-2992

Escondidinho de Berinjela
Escondidinho de Berinjela

Casa Bolinho de Bacalhau

Tira-gosto concorrente: Bolinho de Chicha
Descrição: Bolinho de bacalhau (unitário)
Preço: R$ 21
Endereço: Rua Azevedo Soares, 499 – Tatuapé
Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 16h às 23h; sábados e feriados das 12h às 23h30
Telefone: (11) 2673- 3088

Bolinho de Chicha
Bolinho de Chicha

Santa Panela

Tira-gosto concorrente: Santo Viradinho
Descrição: Bolinho de tutu a mineira c/ couve manteiga, ovos, lingüiça picadinha e um toque de torresmo em flocos, acompanhado de banana à milanesa
Preço: R$ 4,50
Endereço: Rua Emilia Marengo, 225 – Tatuapé
Horário de funcionamento: terça a sexta-feira, das 17h30 à 0h; sábado, das 16h30 à 0h; domingos e feriados, das 12h às 17h
Telefone: (11) 2671-6835

Santo Viradinho
Santo Viradinho

A fachada externa, toda adesivada com ícones da cultura pop é uma atração à parte!
Fábio Gracia, proprietário da loja Comic Boom!
Fábio Gracia, proprietário da loja Comic Boom!

Os apaixonados e interessados por cultura pop, quadrinhos e games ganharam um ponto de encontro no Tatuapé. A loja Comic Boom! está aberta há dois meses e oferece HQs, mangás, card games, jogos de tabuleiros, camisetas, toys e colecionáveis.

Revista_do_tatuapé_Comic_Boom!A iniciativa é um empreendimento de Fábio Gracia, um designer gráfico de 33 anos que resolveu transformar a paixão pelo mundo da cultura pop em negócio. Morador da Mooca, ele escolheu o Tatuapé para abrir o negócio porque viu potencial no bairro. A ideia é, aos poucos, transformar o espaço em um ponto de encontro das pessoas que gostam dessa cultura e também divulgar artistas locais, como desenhistas e roteiristas do bairro.

A fachada externa, toda adesivada com ícones da cultura pop é uma atração à parte!
A fachada externa, toda adesivada com ícones da cultura pop é uma atração à parte!

A loja funciona de segunda a sábado das 10h às 19. Às sextas-feiras, fica aberta até às 22h porque sempre há grupos de pessoas que usam o espaço para jogar.

Rua Tijuco Preto, 361, Tatuapé. Tel.: 3589-8084.

Grafite de Alex Senna no teatro da Biblioteca Hans Christian Andersen

Nesta semana, o muro do teatro de arena da Biblioteca Hans Christian Andersen, que fica na Avenida Celso Garcia, ganhou um grafite especial. O desenho ficou a cargo das linhas delicadas do artista Alex Senna, um grafiteiro que já espalhou sua arte pelo mundo. Alex foi contatado pela direção de biblioteca e aceitou fazer o trabalho voluntariamente. “Gostei da proposta e do espaço. E adorei o fato de ser uma biblioteca, um lugar público e de cultura. Fiquei muito feliz com o convite e fiz sem cachê, pois nem tudo está à venda. Para mim, pintar uma biblioteca vale mais do que qualquer dinheiro”, disse Alex.

Grafite de Alex Senna no teatro da Biblioteca Hans Christian Andersen
Grafite de Alex Senna no teatro da Biblioteca Hans Christian Andersen
Grafite de Alex Senna no teatro da Biblioteca Hans Christian Andersen
Grafite de Alex Senna no teatro da Biblioteca Hans Christian Andersen

Elisangela Alves Silva, coordenadora da biblioteca, explica que a ideia de pedir para um artista renomado fazer um grafite naquele espaço surgiu para tentar deixar o local mais bonito e acabar com as pichações . “Esperamos que as pessoas respeitem mais o espaço agora. O Alex foi incrível em aceitar fazer o trabalho voluntariamente e ainda conseguiu agregar no desenho tudo o que pedimos, ou seja, que o grafite tivesse relação com a leitura e os contos de fadas, que é a temática da biblioteca”.

Alex Senna tem seu trabalho espalhado pelo mundo. Já fez trabalhos para marcas como Hermés e Nike, além de grafitar em muros da Europa e Estados Unidos. tem um trabalho marcado pelas linhas finas, o preto e o branco e até certa melancolia.

Grafite de Alex Senna em vitrine da loja Hermés
Grafite de Alex Senna em vitrine da loja Hermés
Grafite de Alex Senna em vitrine da loja Hermés
Grafite de Alex Senna em vitrine da loja Hermés

Em 2016 o Brasil vai sediar os Jogos Olímpicos e uma das novidades será o retorno das competições de golfe, que estavam há mais de um século fora da Olimpíada. As primeiras e únicas participações da modalidade nos jogos ocorreram em Paris-1900 e St. Louis-1904.

Material usado nas aulas de golfe do Ceret
Material usado nas aulas de golfe do Ceret

No Ceret, crianças com idade entre 7 e 10 anos podem ter seu primeiro contato com o esporte nas aulas de Soft Golf, que acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras. O material utilizado é bem simples, com tacos de plástico, alvos e bolinhas parecidas com a de tênis e revestidas com velcro. O objetivo desta prática é que as crianças acertem cestas e alvos e aprendam os principais fundamentos do esporte, tudo de forma muito lúdica e divertida.

aula_golfe_ceret_revista-do-tatuapeAs aulas no Ceret são gratuitas, mas, para participar, é preciso fazer uma carteirinha e exame médico. Quem se interessar é só procurar a secretaria do parque.

O primeiro post deste blog é uma explicação e uma homenagem.

Vamos começar pela explicação: em 2014, decidimos fazer uma matéria especial para ser publicada no mês de dezembro, quando a Revista do Tatuapé chegou à sua edição número 100. Entre tantas ideias, a que saiu do papel foi a de levantar 100 curiosidades do bairro. A pesquisa começou no meio do ano e se estendeu até o dia de enviar a revista para a gráfica. Para chegar às 100 curiosidades, conversei com muitas pessoas, pesquisei nossas edições antigas, andei a pé pelas ruas e consultei um livro precioso sobre o qual falarei mais abaixo, na hora da homenagem. Também foi importante a contribuição de repórteres e colaboradores da Revista do Tatuapé e da Gazeta do Tatuapé, que tanto conhecem sobre o bairro.

A matéria ficou linda, mas percebemos que as curiosidades não se esgotam. Conversando e circulando pelas ruas sempre descobrimos algo novo, um personagem, uma história. Por isso, resolvemos dar continuidade ao trabalho neste blog, um espaço mais livre, sem amarras de caracteres, no qual poderemos mostrar muito do que acontece no Tatuapé.

Agora, sobre a homenagem:

meus-56-anos-tatuapeMuitas das curiosidades publicadas na histórica edição número 100 saíram do registro feito por Milton Grecchi, um homem que viveu mais de 50 anos no Tatuapé e teve a ideia e a disponibilidade de registrar, em 300 páginas, suas memórias. Estão lá desde histórias extremamente pessoais, como o dia do seu casamento, até fatos que pertencem à memória do bairro, como os moradores ilustres, as empresas que se instalaram por aqui, o comércio da época, as casas que foram construídas e demolidas, o surgimento de ruas etc.

Esse registro chegou às nossas mãos por intermédio do historiador Pedro Abarca, o homem que sabe absolutamente tudo sobre a história do Tatuapé. Seu Pedro, como o chamamos, é colaborador da revista e está sempre pela redação com seu bom papo. Um dia, ele nos trouxe uma cópia deste livro, que simplesmente virou uma peça muito importante para o nosso trabalho. Milton Grecchi já faleceu, mas seu irmão, Rubens, ainda nos ajudou com fotos antigas do bairro.

É com o ímpeto de deixar registrado o Tatuapé, assim como fez Milton Grecchi no passado, que começo a escrever neste espaço. Tenho certeza que vamos nos divertir (e nos informar) muito.

FIQUE SEMPRE CONECTADO COM O TATUAPÉ

8,748FansCurtir
4,963SeguidoresSeguir
997SeguidoresSeguir
13InscritosAssinar
publicidade