Sucesso da Broadway no Tatuapé 0 407

A peça “1 Milhão de Anos em 1 Hora” em cartaz no Teatro Fernando Torres, é a versão brasileira do espetáculo da Broadway dirigido por Jerry Seinfeld, idealizador do inesquecível seriado Seinfeld

Com grande sucesso de público e elogios da crítica especializada, o espetáculo “1 Milhão de Anos em 1 Hora” é estrelado aqui no Brasil por Bruno Motta, ator e produtor desta que é a primeira montagem da peça fora dos Estados Unidos.

Considerado um dos mais conhecidos comediantes da nova geração, Bruno é reconhecido por seu talento em aliar humor e crítica. Ele é um dos responsáveis pela criação de programas como “Furo MTV”, além de ter mais de 30 milhões de acessos em seus vídeos de stand up comedy no canal Youtube, inclusive com seu novo projeto de notícias com humor, o “Diário Semanal”.

ADAPTAÇÃO

A adaptação deste incrível espetáculo para o Brasil ficou a cargo de Marcelo Adnet, e a direção nas mãos de Claudio Torres Gonzaga. O trio criativo se reuniu para mudar o ângulo do projeto original (dos Estados Unidos para o Brasil), mas sem alterar a sua essência: a observação incisiva e os comentários afiados sobre impérios caídos e vigentes. De “Sócrates” ao “Big Brother”, da “Idade da Pedra” ao “Facebook”, o espetáculo foi considerado “Hilário e Imortal” pelo New York Times e “Afiado e de Vanguarda” pela Revista Time.

OS BASTIDORES

A história do mundo nunca foi tão engraçada, desde que vista de longe. A concepção original de Jerry Seinfeld, tido como comediante solo mais famoso do planeta, pode ser notada pela construção ácida e minimalista em detalhes que até então passariam despercebidos.

A peça, contada em um ato, estreou na Broadway em 2010 com o título “Long Story Short”, pelo autor Colin Quinn e Jerry Seinfeld na direção original. Concebido como um espetáculo simples, um “one man show” recontando fatos históricos, tornou-se logo um grande sucesso.

Em cartaz no ano de 2010 no lendário Helen Hayews Theather, fez turnê pelos Estados Unidos e chegou ao Brasil onde viajou por vários Estados, fazendo grandiosas temporadas no Rio e São Paulo.

Bruno Motta, que assistiu ao espetáculo em Nova Iorque, se apaixonou pelo texto e procurou conhecer o autor, Colin Quinn. Tratando diretamente com ele e depois de vários encontros para acertar como seriam as adaptações para uma cultura tão diferente da americana, finalmente foi fechado o licenciamento deste brilhante texto, em sua primeira versão fora dos Estados Unidos.

BRUNO MOTTA

É um dos mais premiados humoristas da sua geração. Fenômeno na Internet com mais de 30 milhões de acessos em seus vídeos, tem um considerável histórico no humor televisivo. É redator de humor da TV Globo, comentarista de humor do Jornal da Record News, ao lado de Heródoto Barbeiro, e um dos autores do sucesso do “Furo MTV”, onde também desempenhava os papéis de repórter e colunista. É também criador de projetos como “Falha Deles” (comentando com humor os erros de cinema de Hollywood, no Portal IG) e “Fórmula 404” (sobre virais da Internet, no UOL).

Bruno conta ainda com passagens memoráveis por programas como “Altas Horas”, “Fantástico”, “Agora é Tarde” e “The Noite”, além de várias participações no “Programa do Jô”, onde sempre foi extensamente elogiado por seu apresentador.

MARCELO ADNET

Tornou-se conhecido nacionalmente através do programa “15 Minutos”, na MTV, que apresentou e escreveu diariamente por 4 anos. Na emissora, estrelou também os premiados “Comédia MTV” e “Adnet Viaja”. Já na Rede Globo, esteve em “O Dentista Mascarado” e contou com quadros no “Fantástico”, até comandar o projeto de sucesso “Tá No Ar”.

CLAUDIO TORRES GONZAGA

 É criador do grupo “Comédia em Pé”, o primeiro de stand up comedy no Brasil, e já visto por mais de um milhão de espectadores, em seus dez anos em cartaz. Claudio já escreveu programas de humor como “Grande Família”, “Sai de Baixo” e “Os Caras de Pau”, além de ser redator final de “Sob Nova Direção” e “Divertics”.

Criou e estrelou quadros no “Fantástico” e fez participações em séries e filmes como “As Brasileiras” e “De Pernas pro Ar”. Como diretor tem no currículo mais de 100 espetáculos, incluindo “Boca de Ouro”, de Nelson Rodrigues, com o qual ganhou o prêmio MinC; o sucesso “Enfim Nós”, com Bruno Mazzeo; “A Comédia dos Erros”, de William Shakespeare, também indicado como melhor diretor para o prêmio Shell; “As Armas e o Homem de Chocolate”, de Bernard Shaw, recebendo a indicação de melhor direção para o Prêmio Cultura Inglesa; e “As Preciosas Ridículas”, de Moliére, com Helena Ranaldi.

COLIN QUINN

Figura constante na cena da comédia stand up de Nova Iorque, Colin se tornou figura conhecida por sua passagem no “Saturday Night Live”, integrando o elenco por cinco anos e ancorando o lendário quadro “Weekend Update”. Teve seu próprio programa no “Comedy Central” (Though Crowd) e passagens por comédias no cinema como “Gente Grande” e “Comedian”.

JERRY SEINFELD

É um dos mais conhecidos comediantes de todos os tempos e o seu estilo formou uma geração. Detém recordes como o de maior audiência no último episódio de Seinfeld, sua série de comédia e de maior salário já pago a um comediante. Hoje ele se divide entre apresentações para grandes multidões, como em Las Vegas, e o programa sobre comédia amado pela crítica, o “Comedians in Cars Getting Coffee”.

SAIBA MAIS

Com todos estes talentos, o espetáculo “1 Milhão de Anos em 1 Hora” transcorre em um ritmo alucinante em 15 quadros, que seguem da era das “Cavernas” ao “Facebook”. Vários personagens, sotaques e regiões são apresentados nesta comédia que viaja pelo mundo e pelo tempo. Um sucesso de crítica e público desde a sua estreia e que vale a pena ser visto.

Em cartaz no Teatro Fernando Torres, as sessões acontecem as sextas – 21h30, sábados – 21 horas, e domingos – 19 horas. O valor do ingresso é R$ 60,00 e mais informações podem ser obtidas no site www.1milhaodeanos.com.br.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas