Que venha o frio! 0 666

Tapetes, almofadas, lareiras e tecidos ajudam a deixar a casa mais aconchegante e acolhedora no inverno

É no inverno que as pessoas ficam mais em casa e transformam cobertores, edredons e mantas em companhia constante nas sessões de filme e degustações de vinho ou chocolate quente. Por isso, nada melhor do que mudar a decoração e deixar os ambientes mais convidativos para curtir a estação. Itens como almofadas, cortinas, tapetes, móveis de madeira, papéis de parede e tecidos felpudos ajudam a deixar tudo mais quentinho e aconchegante, sem perder a elegância que a estação pede.

“Os acessórios e enxovais são fundamentais para compor uma decoração típica de inverno, priorizando sempre os tons mais escuros, como marrom, preto, cinza, azul marinho e vinho, e tecidos mais pesados, como veludo, lã ou gorgurão”, avalia a arquiteta Vanessa Trad. Uma boa solução para deixar o cômodo quente, sem parecer apertado ou pesado, é usar cores claras na base (parede, forro e piso) e mesclar detalhes escuros para pontuar o ambiente.

O tecido que será usado é essencial para definir o estilo da decoração. A mais clássica, por exemplo, é marcada por florais, com estampas mais volumosas e desenhos arabescos. Já o retrô usa linhas mais retas, formas geométricas e cores mais sólidas e vibrantes, contrastando com o ambiente. “A decoração moderna prioriza um perfil mais sóbrio, leve, diria até uma monotonia de cores, sem grandes contrastes, além de tecidos mais simples e delicados”, aponta Vanessa. “Os móveis de madeira são coringas para harmonizar a casa em qualquer época do ano, pois permitem que você troque o tecido decorativo de acordo com o que a estação e a moda pedem”, completa.

Para adaptar a casa ao clima da estação, a arquiteta Andréa Parreira recomenda trocar a capa das almofadas e colocar cortinas nos cômodos principais, o que garante conforto e, ao mesmo tempo, protege a entrada do vento pelas frestas da janela. Outros acessórios que dão charme são os xales e mantas, que podem ser colocados em sofás, camas e pufes. Os tapetes, então, são praticamente obrigatórios. “Eles aquecem tanto o piso frio quanto o carpete de madeira, já que em geral, o contato maior com a friagem se dá pelos pés”, lembra a arquiteta.

Pintar as paredes também pode ser uma boa opção para quem quer investir mais nas mudanças. “A dica é escolher uma única parede do cômodo para receber uma nova cor, de preferência nos tons bege escuro, laranja, vermelho hindu e azul royal. Outra sugestão é a colocação de tecidos ou papéis nas paredes maiores da casa. Existem milhares de texturas e estampas para proporcionar uma sensação de aconchego e bem estar”, indica Andréa.

Projeto da arquiteta Vanessa Trad
Projeto do arquiteta Andréa Parreira

JARDIM DE INVERNO

A área externa também deve receber uma atenção especial. Um aquecedor ou uma lareira a gás são boas alternativas para amenizar o frio nos próximos meses. “Um elemento que não aconselho são as velas. Por mais que tragam uma sensação de conforto, podem facilmente causar um incêndio. Recomendo trocá-las por lamparinas, que dão um toque mais original e charmoso”, explica Vanessa.

Enfeitar a casa com as flores da estação também pode criar uma atmosfera mais convidativa. Para isso, as arquitetas sugerem usar e abusar das folhagens, samambaias e lírios. “Normalmente, os arranjos mais secos são feitos com galhos ou casca de árvore e algumas folhas. Eles são versáteis e podem ser usados tanto como enfeites de mesa, como para ambientar um lavabo ou hall”, diz Vanessa. Quem for projetar um jardim de inverno deve comprar vasos adequados para o espaço e procurar saber que tipo de planta e vaso é ideal para aquele local.

E fica a dica principal: aproveite o tempo frio e arrume sua casa de forma aconchegante para receber a charmosa estação, pois não há nada como o inverno para aproveitar melhor os momentos mais simples e prazerosos da vida. Então, mãos à obra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas

Video