De caminhoneiro a comerciante 0 804

Escolher rigorosamente os fornecedores e cuidar bem dos clientes é a receita de empresário para quem lida com o comércio

Persistência. Essa é a qualidade mais importante para quem quer crescer como empresário. Pelo menos na visão de Ivan Gerônimo, proprietário do Laticínios Holanda, empresa que comercializa produtos de empório (como queijos, salgados para feijoada, bacalhau, azeitonas etc.) e está sediada há quase 40 anos na Vila Formosa.

Ex-caminhoneiro, Ivan ficou oito anos peregrinando pelas estradas do País, “tomando café em um lugar, almoçando em outro e jantando em outro”, até estabelecer seu próprio negócio. Começou como um aventureiro, sem conhecer as técnicas de administração de uma empresa. Ajudado por um primo, ele criou coragem para vender o caminhão e mergulhar em uma nova empreitada. O primeiro passo já trazia uma característica que é tida como fundamental pelos empresários: ousadia. Afinal, abandonar um negócio que se conhece para se aventurar em uma área desconhecida é, sim, uma atitude ousada.

Aos poucos, Ivan aprendeu a como lidar com os meandros do mercado varejista, principalmente fornecedores e clientes. Durante 20 anos, ele fez questão de ficar à frente de todo o funcionamento da loja, desde a abertura até a hora de baixar as portas. Eram muitas horas à disposição do trabalho. “Eu fazia de tudo. Da montagem das prateleiras à abertura e fechamento do caixa”, diz. Ele explica que isso é importante para você se consolidar no mercado, conquistar clientes, conhecer bem os seus fornecedores e poder oferecer um bom serviço. “No comércio, o segredo é não deixar o seu cliente reclamar. Você nunca pode vender uma coisa e entregar outra. Honestidade é fundamental”..

Para ter um bom resultado, Ivan faz questão de garantir a qualidade do que recebe de seus fornecedores. “Se a mercadoria não estiver de acordo, mando de volta. Tanto que muitos fornecedores, às vezes, me dizem ‘olha, eu não vou te mandar a mercadoria hoje porque não está do jeito que você gosta’”. Na outra ponta, ele busca formas de sempre agradar aos clientes, mantendo opções variadas no balcão, conhecendo bem o produto que vende e garantindo a qualidade. “Nunca se pode enganar o cliente. Pelo contrário, é preciso fidelizá-lo. Eu me aprimorei em todos os itens que vendo e garanto a qualidade de cada um deles”. Para Ivan, essa foi a fórmula que o permitiu se manter atuante quando as grandes redes de supermercado começaram a despontar no País e a oferecer uma nova opção de compra aos consumidores. “Quando os supermercados grandes começaram a aparecer, os pequenos sofreram muito. Tanto que muita gente desistiu. Mas eu resolvi continuar. E nessa hora eu aprendi que é preciso encontrar um jeito de se sobressair. E não tenho dúvida de que o que faz a diferença é o atendimento”.

Laticínios Holanda – Praça das Canárias, Box 9 e 10, Mercado Municipal da Vila Formosa – Tel.: 2674-5891
De terça a sábado, das 8 às 19 horas. Aos domingos, das 8 às 13 horas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas