O encanto das águas 0 779

Formado pelas cidades de Águas de Lindóia, Amparo, Jaguariúna, Lindóia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro, o Circuito das Águas Paulista revela características únicas que conquistam um milhão de turistas por ano

Adrenalina, beleza e diversão. Com atrações que vão do turismo termal e de compras ao de aventura, as águas do interior do estado de São Paulo têm um charme todo particular. Formado em 1998, o Circuito das Águas Paulista, que engloba os municípios de Águas de Lindóia, Amparo, Jaguariúna, Lindóia, Monte Alegre do Sul, Pedreira, Serra Negra e Socorro, só foi reconhecido oficialmente em 2005. Das oito cidades, seis são consideradas Estâncias Hidrominerais e possuem seus balneários e águas tidas como terapêuticas. São fontes ricas em propriedades minerais importantes para o organismo humano.

Mas o destino também é rico em cultura, tradição e história. Com casarões que preservam suas características originais, a região possui um dos acervos arquitetônicos a céu aberto mais importantes do Estado. Alguns rituais folclóricos e religiosos também são mantidos, como congadas, festas rurais, procissões, encenações de Cristo, além de rodeios, festas do morango e festivais de inverno.

A proximidade entre os destinos e a particularidade de seus atrativos instigam o viajante a conhecê-los um a um e, assim, a descobrir novos prazeres em suas redondezas. Confira algumas sugestões de roteiros para não perder nada nas oito cidades que compõem o circuito.

Águas de Lindóia (a 162km de São Paulo): o parque aquático Thermas Water Park é a grande sensação desse município. Seus toboáguas, piscinas, churrasqueiras e chalés convidam os visitantes a momentos emocionantes. Um espaço com exposições temáticas, como o “Parque dos Dinossauros”, leva as crianças para perto da natureza, com som ambiente que reproduz os ruídos dos gigantes e cria um clima de exploração. Com águas repletas de propriedades medicinais, o famoso Balneário Municipal é outra parada obrigatória na cidade.

Rua XV de Novembro, Amparo

Amparo (a 133km de São Paulo): a Fonte Nossa Senhora do Amparo é uma das preferidas dos turistas, entre as dez que a cidade possui. Reformada há pouco tempo, contempla um belo painel feito com azulejos que retrata o município do começo do século 20, com a Rua XV de Novembro. Há ainda um local que reserva mais de 20 opções de trilha, entre as mais fáceis e as de maior nível de dificuldade, que passam por cavernas. Com cerca de 30 alqueires de mata nativa, o espaço possui uma piscina natural, além de restaurante e dois campings.

Um passeio de maria fumaça por Jaguariúna

Jaguariúna (a 123km de São Paulo): Famosa pelo seu turismo rural, Jaguariúna oferece cavalgadas, passeio de maria fumaça e muitos pesqueiros – um deles possui mais de 12 espécies de peixes, entre o Pintado, Dourado, Tambaqui e a Tilápia. A infraestrutura completa proporciona momentos de tranquilidade na beira de lagos, com direito a degustar porções de peixes frescos, feitas na hora. Para a criançada, há um aquário com diversas espécies de peixes, o que permite um contato muito íntimo com a natureza.

Lindóia (a 156km de São Paulo): A pequena e charmosa cidade é contemplada com cerca de 260 mil m² de espelhos d’água alimentados pelas nascentes que afloram das montanhas. A maior atração é o Grande Lago, um complexo turístico onde fica o Lindóia Jet & Boat Adventure, que oferece atividades como o caiaque, o jet ski e o pedalinho; e o Clube Náutico, onde a diversão e o conforto ficam por conta das fontes de água mineral, dos quiosques com churrasqueiras, lanchonete, dois decks, além dos vestiários. A vista maravilhosa do lago e o clima ameno tornam o passeio único.

Grande Lago, o complexo turístico de Lindóia

Monte Alegre do Sul (a 132km de São Paulo): Com seu charme todo especial, a cidade é famosa, principalmente, por suas cachaças premiadas e roteiros de alambiques, onde é possível conhecer o seu processo de fabricação. Situado em um casarão com estilo neocolonial, o Balneário Municipal oferece 13 opções de banhos, massagens e tratamentos hidroterápicos para quem quer cuidar da saúde. O visitante escolhe seus sais e mergulha, por 20 minutos, na água quente de uma banheira individual, para momentos de pura tranquilidade.

Pedreira (a 135km de São Paulo): atravessado pelo Rio Jaguari, o pequeno município possui cerca de 40 mil habitantes e, aproximadamente, nove quilômetros de extensão na área urbana, além de três pontes pênseis. Durante o trajeto na ciclovia à beira do Rio Jaguari, o turista tem a oportunidade de fazer paradas estratégicas na Igreja Matriz Santana, na Praça Ângelo Ferrari e no tranquilo Boulevard Jaguari. Com cerca de 300 empresas produtoras de louças em geral, a cidade é conhecida como a capital da porcelana e a maior produtora do material da América Latina.

Serra Negra (a 149km de São Paulo): a cidade tem como destaque suas mais de dez fontes de águas minerais, como a São Jorge e a Santo Agostinho, localizada dentro de um parque, com bosque de vegetação nativa, lago com peixes e playground. Outra parada obrigatória para passeios e piqueniques é o famoso Lago dos Macaquinhos. O local possui um pesqueiro e uma ilha no centro, onde ficam constantemente macaquinhos da própria região, e há a possibilidade de alugar cavalos, pedalinhos e brincar no playground.

Turismo de aventura nos rios e lagos de Socorro

Socorro (a 134km de São Paulo): Em parceria com o Ministério do Turismo, o município realiza projetos de qualificação, adaptando esportes de aventura para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. O Rio do Peixe é a área ideal para atividades de aventura, como rafting e boia-cross. Com as chuvas, o rio aumenta e a emoção também. O boia-cross pode ser praticado em três parques de aventura da cidade. O tombo n’água – arvorismo realizado em um lago no nível da água – é atrativo para a garotada.

Circuito das Águas Paulista – Tel.: (19) 3937-4058
www.circuitodasaguaspaulista.sp.gov.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas

Video