Talento oriental 0 655

Nascido na região Leste de São Paulo, o jovem ator Daniel Uemura tem apenas 20 anos e um currículo em constante renovação

Com extremo bom humor e simpatia, Daniel Uemura, que interpretou o personagem Raiden da novela “Malhação”, recebeu a equipe da Revista do Tatuapé no teatro de um dos colégios onde está produzindo e protagonizando o musical infantil ‘O Rei do Lixo’ desde que deixou o elenco, para contar um pouco da sua trajetória dentro e fora das telinhas. Apesar de ter seu trabalho reconhecido somente depois da passagem pela novela teen, aos 15 anos, Uemura já realizava trabalhos como modelo em campanhas publicitárias e comerciais. Entre as várias atividades do currículo, o ator, morador da região Leste de São Paulo, conta que com 17 anos já administrava seu próprio negócio: “montei uma empresa de eventos e bebidas consignadas com meu próprio dinheiro e foi com os lucros que obtive nela que investi na carreira artística”.

CHEF E APRESENTADOR NIPÔNICO

Fora do ar, Uemura diz que seu cômodo preferido em casa é a cozinha. “É lá que me acalmo e esqueço da vida, confesso que sou completamente apaixonado pela gastronomia e por tudo que a acompanha, passo várias horas dos meus dias na frente de um fogão”, afirma. Além disso, “meu sonho é escrever um livro com todas as receitas que já criei, mas por enquanto ainda é só um projeto sem data para ser concretizado”.

Por conta da paixão pela culinária, no ano passado, fez diversas participações como repórter em quadros do programa “Mais Você”, da Rede Globo. Uemura também atuou no curta “Ponto final”, que mostra o cotidiano das pessoas no ponto final de um ônibus. “Surgem muitos convites, mas vou peneirando o que é interessante do que não é”.

“O REI DO LIXO”

Atualmente, o ator é protagonista da peça e musical “O Rei do Lixo”, focada, principalmente, no público infantil de escolas particulares e estaduais de todo o país. A estreia em um colégio da região Leste de São Paulo foi um sucesso. “Mais de 1.100 pessoas assistiram à peça em dois dias, tivemos vários convites para voltar em outras escolas da região também”, conta.

Sobre a montagem: O “Rei do Lixo”, peça que aborda a importância da reciclagem e da consequente preservação do meio ambiente, põe em cena quatro personagens: o catador de lixo Pitu (Daniel Uemura) e três produtos recicláveis personalizados: uma caixa de papelão (Karla Nogueira), um balde plástico (Renato Calvet em São Paulo / Henrique Taipas no Rio de Janeiro) e uma garrafa de vidro (Renata Villaverde – namorada do ator na vida real), todos com um sonho a realizar. A garrafa pensa em ser uma cantora, a caixa sonha em trabalhar na televisão, o balde quer ser pote de sorvete e Pitu, que não tem mãe, sonha encontrá-la nas estrelas. Amizade, saudade, fantasia e muita aventura são os principais ingredientes que recheiam este espetáculo com muita emoção.

MIL E UM CAMINHOS

Como sempre teve vontade, Uemura ainda pensa em abrir lanchonetes no Rio de Janeiro (onde vive atualmente), em que pudesse demonstrar seu talento na cozinha. Planeja também lançar sua grife de roupas, já que desenha algumas peças que veste. Declara já ter feito de tudo: vela, cadeira, aulas de artesanato, pintava porcelana e aprendeu a esculpir na argila.

Segundo o que acredita, é justamente nessa sua multiplicidade que pode encontrar seu caminho e o que dará certo em sua vida. Correr atrás. É isso que distingue, para ele, alguém que obtenha sucesso de alguém que não consegue.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas