Portugal à mesa 0 329

O Hotel Monte das Oliveiras, que fica em Joanópolis, interior de São Paulo, nos convidou para conferir um festival gastronômico que ocorria por lá. A cozinha escolhida foi a de Portugal. O hotel, muito conhecido pela bacalhoada portuguesa que serve em seu restaurante, e também pelos shows que realiza, convidou dois chefes portugueses, Luís Américo e Marco Gomes, para que eles passassem uma temporada no hotel e contassem alguns segredinhos da culinária de lá, para os chefes de cá. Com essa troca de experiência, nós saímos ganhando. O cardápio do restaurante ficou ainda mais incrementado, com pratos que fazem sucesso em Portugal, e que agradaram e muito o paladar dos brasileiros. Os chefes ressaltaram que foi um enorme prazer passar alguns dias por aqui. Elogiaram muito a equipe do restaurante e foram além. Surpreenderam os proprietários do hotel, ao convidar dois profissionais para passar uma temporada em Portugal, nos restaurantes deles, o Foz Velha, (no Porto), do chef Marco, e no restaurante Degusto (em Matosinhos), do Luís. Pelo visto as novidades no restaurante do Hotel Monte das Oliveiras não terão mais fim. E a gente agradece. Luís Américo e Marco Gomes, além de excelentes profissionais, esbanjam simpatia e carisma. Diante de tantos sorrisos, não nos inibimos em solicitar algumas receitas para presentear vocês, nossos leitores, com uma autêntica ceia portuguesa, com uma entrada, um prato principal e duas sobremesas. Deliciem-se e boas festas!

Polvo salteado sobre batata-doce com emulsão de azeite e vinagre balsâmico (4 porções)

Polvo salteado sobre batata-doce com emulsão de azeite e vinagre balsâmico

Ingredientes: 320g de polvo cozido, 360g de batata doce, uma cebola, 2 dentes de alho, 8 colheres de vinho branco, vinagre balsâmico, louro, pimentão-doce (colorau), sal e pimenta, salsa picada, azeite e piripiri* – todos esses ingredientes coloque a gosto.

Modo de preparo: Cozinhe a batata-doce em água e sal e corte em rodelas. Refogue com cebola, azeite e alho. Junte o polvo previamente cortado em rodelas finas. Refresque com vinho branco, junte o louro o pimentão-doce e tempere com sal, pimenta e piripiri. Mexa bem e deixe estufar durante 5 minutos, se necessário coloque água. Para servir: Com a ajuda de um arco, disponha no centro do prato as batatas, por cima o polvo e o molho à volta. Salpique com salsa picada e vinagre balsâmico.

Para ficar mais fácil…

Esse ingrediente eu não conhecia, pelo menos com esse nome. O Piripiri é membro da família das pimentas, largamente utilizado na culinária portuguesa.  Suas sementes são a parte mais picante. Nos Estados Unidos, é mais conhecido como chillies ou hot red pepper.

E ainda… o termo estufar significa cozinhar um alimento em seu próprio suco, em fogo baixo e com a panela tampada. Agora sim!!!  

Bacalhau à Lagareiro (o mais pedido do festival gastronômico do Monte das Oliveiras)

Ingredientes: 4 lombos de bacalhau dessalgado; 800g de batatinha; 200g de cebola; 4 dentes de alho; 500 ml de azeite virgem; 400g de brócolis cozidos; sal e azeitonas a gosto.

Modo de preparo: Lave bem as batatas com casca. Coloque as batatas num tabuleiro e ponha bastante sal grosso. Leve ao forno a 180 ºC durante 50 minutos. Corte as cebolas em rodelas. Grelhe o bacalhau na brasa. Quando as batatas estiverem assadas, retire o excesso de sal e em seguida dê um murro. Isso mesmo, um murro, mas de maneira a não ficarem completamente esborrachadas. Coloque-as numa travessa, o bacalhau por cima, o alho picado e regue com bastante azeite. Leve ao forno durante 5 minutos. Salteie o brócolis em azeite e alho picado. Tempere com sal. Para servir, retire a travessa do forno, coloque os brócolis salteados em volta, a cebola cortada em rodelas por cima e as azeitonas. Sirva imediatamente.

Curiosidades: Este prato é originário dos alambiques de azeite. Os lagareiros (pessoas que transformam a azeitona em azeite) fazem-no aproveitando as brasas da fogueira que aquece a caldeira do alambique. 

Uma dica. Nada de ferver o bacalhau para retirar o sal, pois isso irá retirar o sabor, a gordura e as qualidades degustativas do tão apreciado peixe. Outro detalhe, o termo Bacalhau do Porto, usado no Brasil como símbolo de qualidade e bom bacalhau, não existe. Esse peixe só existe em águas frias perto do pólo norte, ali para os lados da Groenlândia e Noruega.

Sobremesas

Papos de anjo com frutos vermelhos em calda de anis

Papos de anjo com frutos vermelhos em calda de anis

Ingredientes para os papos em calda: 10 gemas; 1 ovo; 250 g açúcar; 250 ml água; 1 canela em pau; cascas de um limão.

Modo de preparo dos papos: Bata as gemas e o ovo até quintuplicar o volume. Unte 20 formas de muffins com desmoldante (ou margarina). E encha até 3/4. Coza no forno a 190º durante 10 minutos. Ferva a água e o açúcar com a canela e a casca de limão durante 10 minutos. Deixe esfriar, regue ligeiramente os papos e guarde na geladeira.

Ingredientes para os frutos vermelhos em calda de anis: 250g frutas vermelhas (podem ser congelados); 125g açúcar; 125ml de água; uma unidade de anis estrelado.

Modo de preparo: Ferva a água e o açúcar com as estrelas de anis durante 10 minutos. Retire as estrelas de anis e junte os frutos congelados. Guarde na geladeira.

Modo de servir: Sirva acompanhado de uma bola de sorvete de chocolate.

Toucinho do céu com morangos salteados em baunilha (10 porções)

Toucinho do céu com morangos salteados em baunilha

Ingredientes para o toucinho do céu: 15 gemas de ovo; 200 ml de água; 400 g de açúcar; 175 g de amêndoa granulada; 140 g de doce de abóbora; canela a gosto. 75 g de farinha de trigo; 40 g de manteiga; raspas de um limão.

Modo de preparo do toucinho: Faça a calda de açúcar ferver por dois minutos. Retire do fogo e junte a manteiga. Coloque um pouco de calda às gemas para dar liga, junte à restante calda e deixe ferver. Acrescente a amêndoa e a farinha peneirada. Deixe ferver um pouco até engrossar. Retire do fogo e junte o doce de abóbora, canela e raspa de limão.

Unte um tabuleiro com manteiga e papel vegetal. Adicione a mistura e leve ao forno a 180º por cerca de 40 minutos. Desenforme e decore tradicionalmente com açúcar em pó.

Modo de preparo dos morangos: Tire a rama dos morangos e corte-os em 4 na vertical. Coloque os morangos numa frigideira juntamente com o açúcar e a vagem de baunilha aberta ao meio na vertical. Cozinhe em fogo forte por dois minutos. Reserve. Sirva uma fatia de toucinho acompanhada pelos morangos ainda quentes.

Os chefes Luís Américo e Marco Gomes

Monte das Oliveiras, Hotel Fazenda e Restaurante
Tel.: 2941-6364  /  www.hotelmontedasoliveiras.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas

Video