Paixão por carros 0 1165

Hermes Schincariol Júnior, da Vigorito, enfatiza os diferenciais necessários para a empresa se sobressair no segmento

Em 1925, o senhor Felicio Vigorito fundou aquela que viria a ser a 1ª concessionária Chevrolet no Brasil. Oitenta e três anos depois, o negócio aberto por ele nos tempos românticos dos automóveis, está mais vivo e competitivo do que nunca, com cinco concessionárias e 480 funcionários.

Atuar no ramo de concessionárias de veículos não é uma tarefa fácil, além da concorrência, os diversos planos econômicos criados no Brasil nas décadas passadas, deixaram o setor carregado de incertezas, como explica o diretor comercial da Vigorito, Hermes Schincariol Júnior. “O nosso ramo é cheio de altos e baixos, por isso é preciso saber ser empreendedor e criativo para enfrentar os momentos complicados. Houve uma época, em que o financiamento de carros praticamente acabou, foi um tempo difícil. Nos últimos anos, felizmente a economia deu uma melhorada e hoje podemos trabalhar com mais tranqüilidade.”

Hermes começou a trabalhar na Vigorito há 16 anos, passou por outros cargos até se tornar diretor comercial da concessionária. Segundo ele, o sucesso no negócio está atrelado a alguns detalhes fundamentais. “Hoje, os planos para financiamentos de automóveis estão praticamente iguais, então a gente precisa ter diferenciais para se sobressair”.

De acordo com Hermes, a Vigorito oferece automóveis de qualidade para que o cliente possa ter a certeza de que está fechando um bom negócio. Para Hermes, é importante também investir no treinamento dos funcionários para que os mesmos possam desempenhar com total eficácia suas funções. O atendimento ao cliente também é um diferencial da empresa. Hermes afirma que a hora da compra de um automóvel é um momento importante na vida do cliente, é preciso que ele obtenha o máximo de informações sobre o veículo que está adquirindo e sobre as formas de pagamento. “Se uma pessoa for tratada com respeito e honestidade, ela falará bem do estabelecimento e um dia, quando resolver trocar de automóvel, nos procurará novamente”.

Como o ramo não permite descanso, Hermes segue trabalhando arduamente para manter a alta a qualidade da Vigorito. “Acompanho de perto as vendas, o trabalho na oficina e estou sempre de olho no mercado. Apesar de tanto trabalho, faço o que gosto e tenho certeza que nenhuma outra área me deixaria tão realizado”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

As + Acessadas